Sobre o Femen Brazil e sobre os múltiplos feminismos contemporâneos

Diante das recentes discussões que envolvem o Femen Brazil (chamaremos de Femen Brasil ao longo do texto) e das associações algumas vezes feitas entre este movimento e a Marcha das Vadias, nós, da Marcha das Vadias-DF, decidimos manifestar publicamente nosso posicionamento acerca desses debates.

Somos um coletivo horizontal, sem lideranças e nos esforçamos para desconstruir qualquer forma de personalismo nas nossas ações. Quando em contato com a mídia, buscamos sempre um revezamento para que todas as mulheres que integram o coletivo e que têm interesse em conceder entrevistas, possam participar. Para nós, é no dia-a-dia, através do diálogo, da solidariedade, da construção coletiva e da troca de experiências que um grupo/movimento/coletivo feminista ganha cor e forma. Acreditamos que o processo perene de construção, reconstrução e auto-avaliação é parte fundamental de qualquer grupo militante. É esse difícil processo de formação e re-formação que nos dá a característica de movimento. A Marcha das Vadias-DF é um coletivo que visa o diálogo constante com outros movimentos sociais, grupos e militantes autônomas no intuito de fazer somar pontos de vista e novas abordagens às nossas próprias reflexões sobre as pautas pelas quais lutamos.

Nós fazemos parte de um coletivo feminista que tem por ideal a luta pelo fim da violência de gênero e a garantia dos direitos das mulheres. Acreditamos que os preconceitos e violências que sofremos diariamente são efeito de desigualdades profundas que têm raízes no racismo, machismo, na heterossexualidade compulsória, no sistema econômico extremamente cruel do qual fazemos parte. Somos um grupo de mulheres organizadas e acreditamos na livre participação de qualquer mulher que tenha intenção de aderir ao movimento. Discordamos de qualquer forma de processo seletivo para a adesão a um movimento social e optamos pela não-verticalização pois acreditamos na igualdade entre xs participantes de um movimento e, principalmente, nos objetivos vários das nossas lutas.

O diálogo é uma das bases da nossa formação enquanto coletivo e entendemos que o feminismo, na verdade, são vários e que nenhum grupo (nem nós, nem qualquer outro coletivo feminista), pode ser nomeado como representante oficial do feminismo. Prezamos pela heterogeneidade de visões, experiências, opiniões inclusive dentro dos próprios grupos. Acreditamos que é a partir das divergências, diferenças e do diálogo que poderemos construir e reconstruir diariamente espaços nos quais mulheres dos mais diversos tipos se sintam à vontade para serem sujeitas dos seus próprios feminismos.

Gostaríamos de enfatizar que não temos ligação com o Femen Brasil. Apesar da Marcha das Vadias também ter acontecido pela primeira vez em outro país nossa articulação no DF foi espontânea e auto-organizada e não guardamos vínculo organizacional nenhum com Canadá. Apesar de discordarmos de certas diretrizes, discursos e ações do Femen Brasil, torcemos para que tenham sucesso nas lutas contra a violência, exploração e a discriminação contra as mulheres no Brasil. Deixamos claro que discordamos do protesto do Femen Brasil contra a pirataria de livros. Acreditamos que a livre circulação de informações – principalmente em um país onde tão poucas pessoas tem acesso aos bens culturais -, é fundamental para a construção de um país mais igualitário, já que ela é uma estratégia que rompe com a hegemonia da indústria cultural.

Não se trata, porém, de questionar a vida pessoal das integrantes do Femen Brasil, e sim de problematizar os posicionamentos políticos-ideológicos do próprio grupo. Precisamos ter clareza e nos apropriar dos debates e reflexões acerca da causa que defendemos. Acreditamos que o Femen Brasil pode dialogar, pesquisar, se informar, discutir com profundidade as propostas e as causas pelas quais luta. Qualquer pessoa pode se somar à luta feminista e é excelente que o faça. Estamos abertas a debates e diálogos com diversos grupos feministas pois acreditamos na construção coletiva. Lutamos para que os feminismos se espalhem pelo mundo e que sejam protagonizados por uma gama infinita de mulheres, sem centralizações, sem hierarquias.

Acreditamos nos feminismos, na construção de um mundo mais justo, mais igual, mais libertário.

About these ads
Etiquetado , ,

6 thoughts on “Sobre o Femen Brazil e sobre os múltiplos feminismos contemporâneos

  1. Alysson Souza disse:

    Nossa, adorei o post!
    Gostei tanto que até me tornarei um leitor assíduo.
    Também gostaria que você visitasse e seguisse o meu blog, para que eu pudesse lhe seguir de volta: http://taimelaine.wordpress.com/
    Bom trabalho!

  2. [...] [+] Sobre o Femen Brazil e sobre os múltiplos feminismos contemporâneos da Marcha das Vadias/DF. [...]

  3. [...] [+] Sobre o Femen Brazil e sobre os múltiplos feminismos contemporâneos da Marcha das Vadias/DF. [...]

  4. [...] Post esclarecedor da Marcha das Vadias do DF Sobre o Femen Brazil e sobre os múltiplos feminismos contemporâneos [...]

  5. Alex Chagas disse:

    Bom Dia,

    Gostaríamos de lhe fazer uma proposta de parceria, caso tenha interesse em conhecê-la pedimos a gentileza de que entre em contato conosco pelo e-mail divulgacao@jurua.com.br e informe o endereço de seu blog/site para lhe encaminharmos a proposta correta.

    Atenciosamente,
    Alex Chagas
    Juruá Editora

  6. […] possível principalmente no diálogo com as diferentes formas de lutas feministas. Como afirma um texto da Marcha das Vadias DF, “o diálogo é uma das bases da nossa formação enquanto coletivo e entendemos que o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 126 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: